Newsletter
Pesquisar
PERFIL
Gestor público, publicitário, especialista em Sociologia, com extensão em políticas públicas e jornalismo de políticas públicas... Perfil Completo

Círculo Umanisté de Estudos

A falta de preparação e ação política

27/04/2012 13h56

.
[ #Umanisté - Fragmento n. 001 ]

Compartilho com os eleitores do blog um fragmento para discussão sobre o ativismo sociológico:

“Constatamos, assim, que o erro fundamental da "nova tendência" da social-democracia russa é curvar-se diante da espontaneidade; é não compreender que a espontaneidade da massa exige de nós, sociais-democratas, uma consciência elevada. Quanto maior for o impulso espontâneo das massas, quanto mais amplo o movimento, ainda mais rápida afirmar-se-á a necessidade de uma consciência elevada no trabalho teórico, político e de organização da social-democracia.

O impulso espontâneo das massas na Rússia foi (e continua a ser) tão rápido que a juventude social-democrata encontrou-se pouco preparada para realizar essas tarefas gigantescas. A falta de preparação, nossa infelicidade comum, constituí a infelicidade de todos os sociais-democratas russos.

O impulso das massas não cessou de crescer e de se estender em ininterrupta continuidade; e longe de interromper-se onde foi iniciado, estendeu-se a novas localidades, a novas camadas da população (o movimento operário provocou um desdobramento da efervescência entre a juventude estudantil, os intelectuais em geral, e mesmo entre os camponeses). Os revolucionários ficaram para trás quanto à progressão do movimento, tanto em suas "teorias" quanto em sua atividade, e não souberam criar uma organização constante e contínua, capaz de dirigir todo o movimento.”

(Lenin, Que Fazer?, II, C)

Conheça o Círculo Umanisté.

.